BLOG - MAURICIO MARTINS

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Lugar de avião não seria no ar?

Mais um dia de caos nos aeroportos...aliás, este caos já está virando rotina.

Pior do que tudo isso é ver que o próprio governo não reconhece a situação. Depois do lamentável "relaxa e goza" da Ministra do Turismo, Marta Suplicy, hoje foi a vez de o presidente de Infraero, o Brigadeiro Jose Carlos Pereira, "pedir calma" aos passageiros.

Mas hoje também o ministro da Fazenda Guido Mantega disse que não acredita que exista caos no sistema aéreo, e que tudo isso é reflexo do aumento no numero de passageiros que mostra o bom desempenho da economia brasileira.

Acontece que o governo federal não está tomando medidas efetivas para resolver o problema. A pura verdade é que não adianta tomar medidas de uma hora para outra, porque o sistema áereo nacional não muda da noite pro dia, não se contrata controladores no calor do momento e muito menos é possível fazer alterações na estrutura de controle aereo sem planejamento. Mas a verdade é que nada mudou desde setembro do ano passado, quando os problemas começaram. Faz quase 1 ano!

Infelizmente, o governo brasileiro (seja ele qual for) tem o hábito de só tomar providencias quando o problema acontece, quando não resta mais jeito. Com o sistema aéreo foi assim. A transparencia veio depois de 154 pessoas mortas no pior acidente aéreo da história da aviação brasileira, ocorrido no fim de setembro do ano passado. Com o apagão eletrico foi a mesma coisa. Precisou faltar energia para que se visse a necessidade de investir na geração de eletricidade.

É triste, mas a infra-estrutura do nosso país tem vários problemas. O setor aéreo representa bem como estão e como ficarão nossos portos, como estão nossas estradas....enfim, os gargalos da infra-estrutura são muitos.

Mas enquanto isso, vamos ter calma então. Afinal de contas, o que está sendo feito é uma ótima maneira de incentivar o turismo, tanto dos estrangeiros como de nós, brasileiros, aqui dentro do país.Filas e filas nos aeroportos são normais. É preciso ficar nervoso e passar por problemas para depois podermos relaxar e gozar com mais vontade.

Ficamos à espera dos investimentos...afinal, não somos o "país do futuro"?

2 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial